21 de maio – Dia mundial de proteção do aleitamento materno

khalaó | Blogue

Amamentar é o melhor começo para a vida e para garantir este direito há mais de 40 anos organizações não governamentais e a comunidade científica se uniram para a criação de um código de comercialização contendo um conjunto de normas como forma de regulamentar as práticas de comercialização das indústrias dos substitutos do leite materno.

O objetivo principal do Código Internacional é contribuir para o fornecimento de nutrição segura e adequada aos lactentes, por meio da proteção e promoção do aleitamento materno e assegurando o uso apropriado de seus substitutos, quando estes forem necessários, com base em informações adequadas e por meio de comercialização e de distribuição apropriadas.

Os produtos abarcados pelo Código Internacional são as fórmulas infantis, os leites, alimentos e bebidas à base de leite ou não, cereais, bicos, chupetas e mamadeiras. Em 1981 – incluía apenas fórmulas ou produtos usados até 1 ano de vida. Mas, o Código Internacional de Comercialização de Substitutos do Leite Materno em 2021 inclui 40 anos de denúncias e registros pela comunidade científica e sociedade civil organizada sobre as graves consequências do marketing das indústrias de alimentos infantis e suas estratégias inovadoras tanto quanto a produtos industrializados como quanto a práticas de marketing que vão hoje muito além de mercados e farmácias, chegando direto a todos via internet e redes sociais. Hoje o Código Internacional cobre fórmulas até 36 meses, além dos produtos acima.

Neste ano em 21 de maio celebraremos os 40 anos da aprovação do Código Internacional, entre outras atividades com o lançamento do Dia Mundial de Proteção do Aleitamento Materno com o objetivo de renovar a cada ano o compromisso de aplicação do Código em cada país frente às múltiplas estratégias de obter lucros das corporações de alimentos infantis e de outros produtos que substituem a prática de amamentar.

Fonte: IBFAN

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *